Blog

25 de janeiro

Aprendendo a andar

Existem diversas coisas que não fazemos com a postura correta. Sentamos com as costas curvadas, levantamos peso com as costas e quem tem tempo para colocar as amarras na cintura na hora de levar uma mochila pesada nas costas, não é mesmo? Agora, andar direito todo mundo sabe. É instinto, não tem como errar…

Será mesmo?
Primeiro, você tem que verificar se sua postura em repouso está correta:

1. Fique de perfil em frente ao espelho e verifique se suas orelhas, ombros e quadris estão alinhados (se for muito complicado, peça ajuda para alguém). O importante aqui é que os quadris não fiquem muito para frente, nem os ombros e pescoço fiquem curvados e nem o peito fique para frente.

2. Fique de frente ao espelho e verifique se um dos ombros está mais alto do que o outro. Eles tem que ficar na mesma altura.

3. Se a posição correta não o fizer se sentir confortável pode ser um sinal de que seu corpo está acostumado à postura errada, e a musculatura está fraca. A postura correta, seja sentado, andando, dormindo, tem que ser natural. Se tiver dúvidas, procure um quiropraxista ou um fisioterapeuta que será capaz de avaliar sua postura.

Se sua postura parado estiver correta, podemos passar para a postura ao andar. Vamos lá:

  • Pise primeiro com o calcanhar no chão. Evite começar tocando a ponta do pé. Faça sempre um movimento contínuo: calcanhar, arco e ponta do pé. Aí pode passar para o próximo passo.
  • Evite passos muito largos para evitar esforços errados e tropeços. Passos muito curtos não prejudicam a postura, mas farão você demorar mais para chegar.
  • Mantenha coluna ereta, e olhe para frente. Pode ser difícil nas calçadas esburacadas da cidade grande, mas evite ficar só olhando para o chão. Isso até faz você parecer que está deprimido. Tente enxergar pelo menos 20 metros à sua frente. A cabeça fica alinhada com os ombros e o queixo deve acompanhar o olhar.
  • Deixe os ombros e braços relaxados. Os braços devem ficar levemente dobrados nos cotovelos, em posição relaxada também. Não aperte as mãos para não gerar tensões desnecessárias.
  • O calçado é importante. Escolha um que amorteça a pisada, que seja confortável. Salto alto, além de distorcer a postura podem causar torções.

A gente nem pensa para andar, é algo tão natural quanto respirar. Mas quem imaginava que temos que prestar atenção em tantos detalhes? Pode parecer trabalhoso, mas se esforce por um tempo e logo logo nem perceberá mais o que está fazendo. Seu corpo agradecerá.

Categorias: Postura

autor

Clínica Mais Coluna